Cenário Gastronômico de Curitiba: Muito espaço para crescer.


Foto ilustrativa: Restaurante Sr. Garibaldi

Foto ilustrativa: Restaurante Sr. Garibaldi

Levantamento inédito da Paraná Pesquisas revela que metade dos curitibanos busca novos endereços para jantar e que a vida gastronômica nos bairros ainda tem muito a crescer.

Neste ano, Curitiba viu consolidar o cenário gastronômico da cidade. As novidades estão nas ruas – muitas delas tornadas pontos de referência culinária –, em cursos regulares e rápidos de cozinha e em eventos populares como o Gastronomix, Empório Soho e Restaurant Week.

A visita constante de grandes chefs nacionais e a participação de chefs re­gionais nos maiores eventos nacionais de gastronomia também são sinais da solidez deste cenário, coroado com a primeira edição do Prêmio Bom Gourmet – Melhores Sabores de Curi­tiba, promovido pela Gazeta do Povo e que indicou os melhores pratos, chefs e restaurantes da cidade.

No centro desse movimento gastronômico, o protagonista é o curitibano. Por muito tempo identificado como um cliente conservador e que vai para o centro quando quer desfrutar de uma noite gastronômica, essa ideia começou a mudar. É o que diz um levantamento inédito da Paraná Pesquisas, encomendado pela Gazeta do Povo, que mostra que o curitibano gosta de conhecer restaurantes novos, que a proximidade de casa tem sido um fator de peso na hora de decidir onde comer, e que comprova que o churrasco ainda é o seu prato predileto.

Segundo a pesquisa, o almoço, identificado com o horário de trabalho, para mais de 60% da população curitibana é feito pelo menos uma vez por semana fora de casa. “Quase um terço das pessoas come fora todos os dias”, diz Murilo Hidalgo Lopes de Oliveira, diretor da Paraná Pesquisas, que assinala um fenômeno interessante. “Quase 5% dos pesquisados disseram comer fora aos domingos. Parece um número baixo, mas projetado sobre a população total da cidade, temos quase 75 mil pessoas lotando os restaurantes.”

Para quem almoça fora de casa, o gasto médio é de até R$ 20 para mais de 90% das pessoas. Este valor, entre as pessoas que têm o costume de sair para jantar, aumenta para até R$ 45 por pessoa, o que revela, segundo Oliveira, que o curitibano vê o almoço como um momento ligado ao trabalho, enquanto o jantar é considerado um programa de lazer, com um desprendimento maior em relação ao valor gasto. “Isso também dá para ver com as respostas estimuladas sobre as saídas gastronômicas. O resultado deixou claro que quase metade da população sai para jantar mensalmente, das quais 43% delas têm o jantar como um programa familiar e que quase 25% fazem suas saídas gastronômicas entre amigos.”

Endereços novos

Uma das novidades que a pesquisa mostra é que metade dos curitibanos busca conhecer novos restaurantes pelo menos de vez em quando e que qua­­se 35% usa esse pensamento como regra. “Por outro lado, um dado importante é que 20% das pessoas definem o destino desse programa gastronômico de olho em restaurantes próximos de casa, para evitar trânsito e outras complicações de se ter que ir ao centro”, diz ele.

Churrascarias e pizzarias são os lugares mais citados pelos curitibanos como opções de cozinha, e são lembradas principalmente as de bairro, o que reforça a questão geográfica envolvida na escolha. “Este pode ser um dado interessante para o mercado gastronômico: isso pode apontar, em breve, um aumento no número de restaurantes localizados nos bairros.”

A pesquisa foi realizada entre 4 e 6 de dezembro com 660 entrevistados, maiores de 16 anos, no município de Curitiba.

Fonte: Jornal Gazeta do Povo

Anúncios

Marcado:, , ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: