Arquivo mensal: fevereiro 2011

Esta chegando a 8ª edição da São Paulo Restaurant Week


 

Pode ir preparando o paladar. A 8ª edição da São Paulo Restaurante Week já tem data confirmada. O evento acontece entre os dias 21 de março e 3 de abril, e neste ano traz uma grande novidade: incluiu na sua programação, pela primeira vez, restaurantes de todo o estado. São mais de 300 estabelecimentos participantes, espalhados por Cotia, Campinas, São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Santos, Barueri, Guarulhos, Guarujá, Embu das Artes e São Paulo.

Assim como na versão anterior, essa edição também é temática, e o desafio para os chefs é montar um cardápio que privilegia o uso de ingredientes da estação. Os menus preparados especialmente para o evento incluem entrada, prato principal e sobremesa, oferecidos a R$ 29,90 no almoço, e a R$ 39,90 no jantar (bebidas, serviço e couvert não inclusos).

Além de oferecer a oportunidade de comer em restaurantes badalados a um preço acessível, a SPRW também cumpre um papel social, sugerindo aos clientes dos restaurantes participantes uma contribuição de R$ 1 em cada refeição, destinada a instituições beneficentes de cada cidade.

E para abrir o apetite e deixar você com água na boca, o ObaOba listou algumas boas surpresas que os restaurantes estão preparando para essa maratona gastronômica.

Comandado pelo chef Rafael de Cara e conhecido por suas massas artesanais, o Pasta d’autori é estreante na SPRW. O restaurante preparou um menu diferenciado para a hora do almoço com duas opções. A primeira é composta por Mousse de Pepino em Leito de Folhas como entrada, Brasato ao Cabernet com Papardelle como prato principal e Goiabada Cremosa com Sorvete de Tapioca de sobremesa. Já a segunda opção é para quem prefere degustar um almoço típico italiano: Bruscheta Clássica de entrada, Ravióli de Haddock e Espinafre ao Creme de Gruyere e Tabasco Pepper Sauce, como prato principal, e Creme de Mascarpone ao Chocolate de sobremesa.

O recém inaugurado The Orleans, na Vila Madalena, que mistura restaurante e music bar, também participa desta edição com duas opções de cardápio. Para entrada, o restaurante preparou o Carpaccio de Surubim Defumado com Alcaparras, Dill e Pimenta Rosa e Flor de Figos grelhados com cebola roxa, ricota defumada, agrião baby servido na telha. Como prato principal, a casa oferece o Badejo Defumado com Risotto da Terra com molho de ervas, banana da terra e queijo coalho ou Confit ao Coco Fresco. Para finalizar, as sobremesas: Petit Riz recheado de chocolate branco, servido com sorvete de jabuticaba com água de coco e Tiramissú com pétalas de abóbora e lascas de chocolate.

O chef Valter de Souza, do Verbena selecionou dois menus especiais para almoço. As opções de entrada são: Salada de Rúcula com palmito fresco, salmão marinado, óleo de oliva e mostarda ou Aspargos Frescos “do Jardineiro”. Para os pratos principais, o restaurante escolheu Coxa de Pato Confit com cogumelos, purê de batatas, queijo de cabra e tomate assado ou Agnolotti de Burrata e raspa de limão ao molho siciliano. Para sobremesa, a casa oferece Cheesecake de chocolate amargo, chantilly fresco e mel de laranja e Verrine de Morango à infusão de tomilho fresco, sua compota e creme de leite.

O Ping Pong, filial da famosa franquia inglesa de comida chinesa, que leva o mesmo nome, também participa pelo segundo ano consecutivo. A casa oferece tanto almoço como jantar na SPRW. O destaque do menu fica para a entrada Beef Salad, salada com folhas asiáticas, filé agridoce e molho a base de frutas, e para a sobremesa Pistachio Mousse.

A programação completa da 8ª edição da São Paulo Restaurant Week está no www.restaurantweek.com.br

Restaurant Week. Pratos a preços especiais em todo o Brasil


O Restaurant Week é um evento que acontece nos próprios restaurantes, onde o dono do restaurante durante o periodo do evento monta um cardápio especial a preço promocional.

Os preços são definidos pela organização do evento sendo os pratos decididos por cada casa. Devido a alta procura nesses dias, os organizadores aconselham aos interessado ver a lista dos restaurantes na pagina do evento (www.restaurantweek.com.br) , ver o cardápio criado e reservar seu lugar num dos dias do evento. Ele acontece durante duas semanas em varias capitais.

Confira a agenda abaixo:

Alex Atala fica entre os 20 chefs mais influentes do mundo


Brasileiro é dono do restaurante D.O.M., em São Paulo, consagrado como um dos melhores do planeta por misturar ingredientes brasileiros com culinária contemporânea.

O brasileiro Alex Atala entrou para a lista dos 20 chefs mais influentes do mundo, publicada dia 27 de janeiro na cúpula gastronômica internacional Madrid Fusion. Atala é dono do restaurante D.O.M, considarado um dos melhores do mundo. O estabelecimento fica em São Paulo e ganhou fama internacional por misturar ingredientes brasileiros com cozinha contemporânea. O chef já foi DJ, pintor de parede e apresentador de programa de culinária.

Os espanhóis Ferrán Adriá, Andoni Luis Aduriz, Juan Mari Arzak, Joan Roca, Martín Berasategui e Pedro Subijan, os franceses Michel Bras, Alain Ducasse, Pierre Gagnaire e Joel Robuchon, o italiano Massimo Botura, os japoneses Nobu Matsuhisa, Yoshihiro Narisawa e Tetsuya Wakuda, o britânico Heston Blumenthal, os americanos Thomas Keller e Grant Achatz, o dinamarquês Rene Redzepi, e o peruano Gastón Acurio completam a lista.

Os 20 gigantes da gastronomia mundial foram escolhidos por cerca de mil jornalistas internacionais credenciados no evento, mais importante congresso de gastronomia do planeta, no qual foram abordadas as últimas tendências em matéria de culinária. Depois de escolhidos os 20 melhores, a IX edição de Madrid Fusion começa a tirar a mesa, dobrar a toalha e guardar as frigideiras até o ano que vem.

A Madrid Fusión fecha nesta quinta-feira suas portas após três intensos dias que foram seguidos por mil jornalistas, sendo 30% estrangeiros, e por dezenas de profissionais que participam do fórum para ficar em dia com as últimas novidades da gastronomia. O evento de 2011 esteve centrado em analisar diferentes modelos de negócios de sucesso no mundo da gastronomia.

Embora a alta cozinha tenha sido a protagonista da cúpula madrilenha, na área de expositores houve lugar para coquetéis impossíveis, ingredientes impronunciáveis, alfaces vivas, plantas com sabor de ostra, quilos de presunto e queijos, e até um carrinho de cachorro-quente surpreendentemente bem-sucedido entre os presentes.

Pesquisadores e especialistas da Gastronomia mostram o crescimento do mercado nacional.


O Brasil passou por diversas mudanças nas últimas décadas e a área gastronômica vem acompanhando essas mudanças de forma próspera. Em reportagem da revista EXAME, o negócio gastronômico movimenta no país, aproximadamente, R$ 180 milhões por ano, empregando 6 milhões de pessoas. A EXAME mostra o quão auspiciosa é esta área, mostrando o que proporcionou isso.

“O país se abriu ao mundo, reforçou as bases da economia e colheu uma transformação social que afetou – para melhor – dezenas de milhões de brasileiros. Não é coincidência que a gastronomia brasileira esteja em ascensão no mundo. O D.O.M., restaurante do chef Alex Atala, foi eleito o 18º no ranking dos melhores restaurantes do mundo organizado pela cultuada revista inglesa Restaurant. “Pequenos feijões-pretos, que quando mordidos revelam um saboroso concentrado purê de feijoada, criados com a técnica de esferificação, de Ferran Adrià, que eu nunca havia visto usada com tanta vantagem.” A descrição acima, sobre um dos pratos do Restaurante Maní, em São Paulo, veio do Célebre crítico gastronômico americano Jeffrey Steingarten, numa edição do ano passado da Vogue americana. Na crítica, a chef gaúcha Helena Rizzo é descrita como a “Estrela do Sul”. “O país tem chefs empreendedores e uma variedade de produtos incrível. Não tenho nenhuma dúvida de que a cozinha brasileira ocupará um lugar preponderante nos próximos anos na alta gastronomia mundia”, disse a EXAME o espanhol Ferran Adrià, um dos chefs mais celebrados da atualidade.

Continuar lendo

Belo Horizonte Restaurant Week terá 51 estabelecimentos


Belo Horizonte irá receber, entre os dias 14 e 27 de fevereiro, a segunda edição mineira do festival Restaurant Week, cujo objetivo é democratizar o acesso à alta gastronomia. O evento surgiu em 1992, em Nova Iorque, com a proposta de reunir restaurantes para servirem um menu completo (entrada, prato principal e sobremesa) a preço fixo por duas semanas. A idéia se espalhou por mais de 100 cidades do mundo, chegando ao Brasil em 2007, na capital paulista.

Em 2011, 51 restaurantes vão participar do BHRW – na primeira edição, 30 casas haviam aderido. Cada restaurante, cria um menu, que não pode ser o mesmo da edição anterior, com duas opções de prato principal. A refeição é servida a preço fixo: no almoço, custa R$ 27,50 + R$1; e no jantar R$ 39 + R$1. Vale lembrar que couvert, bebidas e 10% não estão inclusos na conta e o valor de R$1 é opcional, destinado ao Hospital da Baleia.

Serviço. Belo Horizonte Restaurant Week. Data: 14 a 27 de fevereiro.               Semana Extra: 07 a 13 de fevereiro (para Clientes Mastercard Platinum e Black).

Curitiba e seus Restaurantes.


Terra Madre Ristorante

Frequentados pelo publico local e pelos turistas que visitam a cidade, Curitiba tem restaurantes para todos os gostos.

Para quem busca uma opção requintada, pode conhecer o Terra Madre Ristorante, que tem opções elaboradas da culinária clássica italiana em seu cardápio e uma grande variedade de vinhos, além de um ambiente muito bem decorado com luminárias de fundos de garrafas e uma suave música ambiente.

Os que gostam de comida oriental podem ir até o Lagundri Bistrô Contemporâneo, que oferece exóticas receitas tailandesas, e para quem não abre mão de uma autêntica comidinha brasileira, o Armazem Santo Antonio tem um cardápio feito com ingredientes regionais que agradam o paladar de qualquer turista.

Porém, se a escolha é carne, o Saanga Grill tem muitas opções diferenciadas como javali, avestruz, e cordeiro. Ainda para os amantes de carne, mas que adoram um bom sanduíche, a dica é o Madero que assa seus hamburgueres numa churrasqueira a lenha, resultando em um sabor diferenciado. O restaurante ainda oferece opções de pratos para diabéticos, e um delicioso cheese cake de sobremesa.

Contudo, para quem quer uma comida que agrada a todos os gostos, a ideia é uma boa pizza. A cidade tem inúmeras pizzarias que sempre têm novidades de sabores para os clientes. Uma delas é a Gepetto Pizza & Cucina, com um cardápio variado de pizzas doces e salgadas.

Curitiba também tem restaurantes de comida francesa, como o Ile de France, italiana, como o Villa Marcolini, japonesa, como o Taisho, frutos do mar, como o Bar do Victor e muito mais.

Mas, para quem busca tudo isso num só lugar, Curitiba também tem uma opção. O Babilônia Gastronomia & Cia,  aberto 24h, serve desde café da manhã até jantar e lanches de fim de noite. Oferece os principais pratos da culinária mundial e ainda funciona como cafeteria, padaria, loja de presentes, revistas, joias, livros e perfumes.

Fonte: Texto adaptado do portal da revista Veja Curitiba.

%d blogueiros gostam disto: